Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Dia do escritor | Os livros que todo nerd precisa ler

O Dia do Escritor foi instituído em 1960 por João Peregrino Júnior e Jorge Amado, respectivamente presidente e vice-presidente da União Brasileira de Escritores. A data foi escolhida porque no dia 25 de julho daquele ano foi realizado o I Festival do Escritor Brasileiro.
Claro que a data não poderia passar batida, por isso o Canaltech preparou uma lista com alguns dos melhores livros nerd pra você ler e, de quebra, homenagear os autores que proporcionaram e continuam proporcionando ao público momentos tão mágicos e imersivos em suas histórias. Confira.

O Senhor dos Anéis - J. R. R. Tolkien

A trilogia O Senhor dos Anéis é um dos maiores clássicos da literatura nerd. Com milhões de cópias vendidas, a obra escrita pelo britânico J. R. R. Tolkien entre 1937 e 1949 continua encantando leitores de todas as idades de todo o mundo. Composta por três livros, A Sociedade do AnelAs Duas Torres e O Retorno do Rei, a narrativa conta a história de diversas raças da Terra Média, incluindo humanos, elfos, orcs, etc, na luta para salvar o mundo das forças do mal. 

2001: Uma Odisseia no Espaço – Arthur C. Clarke

Você sabia que o clássico dos cinemas 2001: Uma Odisseia no Espaço tem uma versão mais detalhada em livro? Pois é! Enquanto o roteiro do filme era preparado, o escritor Arthur C. Clarke trabalhou na história mais cuidadosamente, lançando a obra em 1968, logo depois da exibição do longa. O livro acompanha o leitor em diversas aventuras e proporciona reflexões atuais, como a possibilidade de haver vida extraterrestre. 

Neuromancer - William Gibson

Publicado em 1984, Neuromancer explora diversos assuntos bastante atuais: o ciberespaço, a exploração espacial, a realidade virtual, a inteligência artificial, a biotecnologia e os hackers. Na trama escrita por William Gibson, o leitor acompanha Case, um cowboy que hoje seria considerado hacker e que é impedido de entrar no mundo virtual depois de ter enganado seus patrões. 

Admirável Mundo Novo - Aldous Huxley

Escrito por Aldous Huxley em 1932, Admirável Mundo Novo narra a história de uma sociedade futurista que passa por uma enorme lavagem cerebral. Apesar de ter sido escrito há mais de 80 anos, o livro leva o leitor para um universo de questionamentos sobre a cultura atual e sobre as mudanças que o mundo tem passado nas últimas décadas. Ao longo da trama, a obra mostra cenários que têm se tornado cada vez mais presentes no mundo contemporâneo, como a fertilização in vitro, a manipulação genética e os psicotrópicos.

Cosmos - Carl Sagan

Lançado em 1980, Cosmos é um dos livros mais famosos de Carl Sagan. Mesmo tendo quase 40 anos, a obra se mantém atualizada, já que explora o interesse das pessoas pela ciência. No livro, o autor retrata bilhões de anos de evolução, trabalhando em cima de assuntos como a origem da vida, as culturas antigas, a natureza, as missões espaciais e, claro, o ser humano. 

Planolândia - Edwin A. Abott

Escrito em 1884 por Edwin A. Abbott, Planolândia mistura ficção, matemática e física em uma narrativa em primeira pessoa. Na saga, as personagens são figuras geométricas ambientadas em um universo bidimensional, onde a ordem é mantida através de autoridades poligonais e circulares. Apesar de descrever um mundo de fantasia, na verdade o livro tem como base uma enorme crítica social da cultura vitoriana.

Trilogia da Fundação - Isaac Asimov

Trilogia da Fundação reúne três livros de Isaac Asimov: FundaçãoFundação e Império e Segunda Fundação. Eleitas como a melhor série de ficção científica e fantasia em 1966, as obras colocam o leitor em um universo de mistério e ação. A narrativa conta a história da humanidade em um futuro distante, onde a existência do homem e de todo o conhecimento pode estar ameaçada. 

O Guia do Mochileiro das Galáxias - Douglas Adams

A "Trilogia de Cinco", composta por obras que tiveram origem como uma série de rádio na BBC, em 1978, continua fazendo milhões de fãs em todo o mundo. Leituras obrigatórias de todo geek, os títulos trazem questionamentos sobre a vida e o mundo de forma descontraída. O primeiro volume da "trilogia", e o mais famoso, é O Guia do Mochileiro das Galáxias, que conta a história de Arthur Dent. Na saga, a casa e o planeta do protagonista são destruídos, então Dent inicia suas aventuras com o companheiro Ford Prefect em uma nave alienígena. 

Viagem ao Centro da Terra – Júlio Verne

O clássico da ficção científica retrata, em vez de cenários fora da Terra, a exploração do centro do planeta, como o próprio nome sugere. Escrito por Júlio Verne em 1864, o livro conta a história de Axel, seu tio Lidenbrock e sua discípula Graüben. Na trama, Lidenbrock encontra um criptograma em um manuscrito do século XVI que revela um atalho para se chegar até o centro da Terra, colocando os personagens em aventuras por cenários misteriosos. 

Androides sonham com ovelhas elétricas? - Philiph K. Dick

Androides sonham com ovelhas elétricas?, de Philip K. Dick, foi publicado em 1968 e conta a saga de Rick Deckard, um caçador de recompensas ambientado em um cenário pós-apocalíptico. Na história, o personagem resolve ficar na Terra, mesmo depois da sua devastação, e tem o desejo de trocar sua ovelha de estimação elétrica por um animal de verdade. Pensando nisso, Deckard começa a perseguir seis androides fugitivos para aposentá-los, mas uma crise moral se inicia quando ele percebe que a linha que separa o real e o fabricado é bastante tênue.

A Máquina do Tempo – H. G. Wells

Escrito por H. G. Wells e publicado em 1895, o livro conta a história de um cientista/inventor que revela a um grupo de homens ter descoberto como viajar através do tempo. Diante da desconfiança de seus convidados, o protagonista decide provar a engenhoca, viajando para o ano de 801.702. Durante a viagem, o personagem se depara com cenários bizarros e uma nova espécie humana, levando-o a tentar encontrar respostas sobre o futuro do planeta.

Fonte: Canaltech