Pesquisar este blog

sexta-feira, 11 de julho de 2014

PRONATEC Audiovisual oferecerá cursos gratuitos para profissionais do setor


Eixo de formação profissional do Programa Brasil de Todas as Telas visa capacitar jovens para funções técnicas da produção audiovisual

A ANCINE e o Ministério da Cultura lançaram esta semana o Programa Brasil de Todas as Telas, ampla ação governamental que visa transformar o país em um centro relevante de produção e programação de conteúdos audiovisuais. O programa, que conta com recursos da ordem de R$ 1,2 bilhão, é dividido em quatro eixos: Desenvolvimento de projetos, roteiros, marcas e formatos; Produção e difusão de conteúdos brasileiros; Implantação e modernização de salas de cinema, e Capacitação e formação profissional.

A Lei da TV Paga (12.485/2011) provocou um sensível aumento na demanda por produções audiovisuais independentes brasileiras, sobretudo por parte dos canais de TV paga. Com isso, ampliou-se a necessidade de formação e capacitação de novos profissionais para o mercado. Para atender a essa demanda, o eixo Capacitação e formação profissional do Brasil de Todas as Telas oferecerá cursos gratuitos no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), do Ministério da Educação. Essa iniciativa visa suprir a carência de mão de obra técnica do setor, estimada em pelo menos 5 mil postos de trabalho.

O PRONATEC Audiovisual focaliza os gargalos de mão de obra e visa à melhor capacitação técnica dos profissionais da área por meio de cursos de atualização e, em especial, à capacitação de jovens para funções técnicas da produção audiovisual. O programa oferecerá cursos de aderecista, assistente de produção cultural; auxiliar de cenotecnia, dublador, editor de vídeo, eletricista de audiovisual, figurinista, iluminador cênico, maquiador cênico, operador de áudio, operador de câmera, roteirista de animação, sonoplasta tradutor e elaborador de legendas, animador em stop motion, desenhista de animação, projecionista de exibição cinematográfica digital; pós-produtor de animação (edição e montagem), audiodescritor e elaborador de legendagem descritiva.

De início, os cursos devem ser oferecidos nas cidades de Belém, Manaus, Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre. Os cursos devem ter início ainda em 2014 e, futuramente, poderão ser oferecidos em outras cidades.

Neste momento, a ANCINE está em contato com as instituições que oferecerão os cursos para definir cronograma e número de vagas em cada curso.

Para mais informações, acompanhe o site da ANCINE e acesse o site do PRONATEC.


Fonte: ANCINE.