Pesquisar este blog

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Os melhores filmes de super-heróis de todos os tempos

De Francisco Russo

Os super-heróis estão na moda, e não é de hoje! Há quase 40 anos eles têm povoado as telas de cinema, às vezes com um produção mais caprichada, em outras não. Confira nossa lista dos melhores filmes de super-heróis feitos em todos os tempos!



O homem pode voar? Richard Donner provou que sim! Superman (1978) foi o primeiro filme de grande porte estrelado por um super-herói dos quadrinhos e surpreendeu muita gente com um prólogo de quase uma hora de duração, onde a origem do herói é narrada em detalhes. Por mais que os efeitos especiais sejam ultrapassados para os dias atuais, trata-se de uma aventura empolgante embalada pela clássica trilha sonora composta por John Williams. E ainda traz o melhor Superman de todos os tempos: Christopher Reeve.

Por mais que tenha enfrentado contratempos nos bastidores, decorrentes do afastamento de Richard Donner devido a divergências criativas com os produtores, Superman II (1980) ainda é uma aventura bem divertida. Comandado por Richard Lester e com sequências rodadas ainda durante a produção do filme anterior, a sequência ainda eternizou Terence Stamp como o maléfico general Zod.



Se Superman foi o primeiro filme de super-heróis de grande porte, pode-se dizer que Batman (1989) foi o filme que estabeleceu a atual era dos blockbusters aguardadíssimos pelo grande público. Afinal de contas, era o retorno do Homem-Morcego às telonas em um filme dirigido pelo promissor Tim Burton. Sucesso estrondoso de público e de crítica, o filme ainda ficou marcado pelo Coringa de Jack Nicholson - até um certo Heath Ledger roubar a cena como o personagem, mas isso é outra história.



Por mais que fosse dona de alguns dos super-heróis mais famosos dos quadrinhos, a Marvel tinha um tremendo pé-frio quando tentava levá-los aos cinemas. Ou o projeto emperrava ou saía algo tão tosco que não merecia sequer algum comentário. A história começou a mudar com Blade, o Caçador de Vampiros (1998). Estrelado por um herói pouco conhecido interpretado por Wesley Snipes, o misto de ação e suspense fez sucesso junto ao público e abriu terreno para mais dois filmes, bem inferiores, e ainda uma série de TV, que não deu muito certo. Mas o que importa é que o tabu da Marvel foi por água abaixo, abrindo espaço para uma série de filmes bacanas que você verá a seguir.



Devido a problemas econômicos enfrentados nos anos 1980, a Marvel cedeu os direitos de vários de seus personagens a grandes estúdios de Hollywood. A 20th Century Fox ficou com os X-Men, popular supergrupo de heróis mutantes. Para comandar o projeto foi convidado Bryan Singer, do premiado Os Suspeitos e o elogiado O Aprendiz. O diretor fez de X-Men (2000) mais do que meras batalhas entre seres superpoderosos, trazendo uma boa dose de drama à história. Esta mescla e o respeito à essência dos personagens fez com que o longa fosse por muitos considerados um passo adiante na história dos heróis dos quadrinhos na telona. Mas é claro que a escolha do desconhecido Hugh Jackman para interpretar Wolverine ajudou bastante. 



Recuperada financeiramente, a Marvel decidiu dar um passo ousado: bancar ela própria os filmes estrelados por seus heróis. A estreia foi com o pé direito: Homem de Ferro (2008), interpretado com uma boa dose de sarcasmo e cara de pau por Robert Downey Jr. O magnetismo do ator na pele do magnata Tony Stark e as cenas de ação empolgantes garantiram o sucesso do filme e alçaram o herói ao posto dos mais populares entre o vasto elenco da Marvel.



Heath Ledger, este é o grande nome de Batman - O Cavaleiro das Trevas (2008). O ator construiu um vilão absolutamente insano e assustador, deixando para trás o personagem também marcante criado por Jack Nicholson para Batman. O longa-metragem mantém o clima sombrio de Batman Begins e leva o Homem-Morcego em uma saga alucinante sobre o impacto de sua própria existência para Gotham City, com direito a um desfecho de cair o queixo.



Desde o lançamento de Homem de Ferro, o objetivo da Marvel era apresentar seus super-heróis em filmes solo para que, posteriormente, fossem reunidos em Os Vingadores (2012). A simples junção de Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Viúva Negra e Gavião Arqueiro já era motivo mais do que suficiente para fazer com que os fãs ficassem ouriçados, mas o longa dirigido por Joss Whedon trouxe mais! Repleto de piadas rápidas e confrontos entre os próprios heróis, o filme estourou junto ao público e faturou mais de US$ 1,5 bilhão nos cinemas ao redor do planeta - a terceira maior bilheteria de todos os tempos!

Para ver a lista completa acesse: AdoroCinema.