Pesquisar este blog

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Novos Escritores

Por Fábio da Silva

Caros leitores, dando continuidade a nossa serie de postagens "Novos Escritores", listo abaixo quatro autores cujos livros merecem destaque:



Pentagrama é um símbolo místico cheio de significados. Lena é uma garota aparentemente comum, porém é uma bruxa. O pentagrama em sua energia, invisível aos olhos humanos, revelará grandes poderes, mas também perigo e perseguições. Na busca obstinada por sua alma gêmea, ela descobre muito sobre o amor. Descobre que o amor próprio é essencial e que o amor entre um homem e uma mulher é apenas uma maneira do amor se manifestar. Vê na amizade a forma mais sublime do amor. E, finalmente, compreende que existem muitas formas de amar. Mas, ela precisará mergulhar na escuridão para perceber a beleza da luz. Sentir-se morta para voltar à vida. Lutar contra seus próprios demônios para entender o real significado da coragem. Aventurar-se por caminhos desconhecidos para ser digna do verdadeiro amor em todas as suas formas. Castelos, lutas em florestas sombrias, visões de tempos remotos são parte do seu dia a dia. E é nesse universo, onde magia e realidade se confundem, que ela enfrentará batalhas, viverá grandes aventuras e fará incríveis descobertas.





O Castelo se erguia imponente no centro da grande planície “Armageran”, cercado pelas florestas “Vesparianas”. Ao norte ficava a floresta de “Árvores Mortas”, que desde a grande batalha dos Clãs tivera sua entrada proibida por decreto real.
Alem da floresta ficava o Rio Sangreron que delimitava os perímetros do Reino com os domínios do chefe vândalo Áquila.
Era dos pântanos que a grande ameaça pairava sobre o Reino. Sua formação de partículas apodrecidas constituía o ambiente perfeito para a abertura do Portal das Dimensões, onde hordas de entidades demoníacas sob comando de Malef, o general demônio, esperavam ansiosas para invadir, matar e dominar.





Quatro estudantes de Física convivendo com muitos mistérios que acontecem na rua onde eles moram, principalmente uma casa situada bem próxima. A chave de todos os mistérios está nesta casa!
Os jovens fazem de tudo para desvendar todos os acontecimentos e assim salvar todas as pessoas próximas a eles. Iniciam investigações e buscas para encontrar vizinhos desaparecidos, perseguem um homem muito misterioso que caminha próximo a eles e quase chegam a abandonar os estudos.
Um suspense para prender a atenção e, como todos os livros da autora, sempre com uma mensagem para a reflexão.
Enfim, um livro para ler do começo ao fim.
O final é surpreendente!

  



E ai, Iago é real ou fantasia?
Apesar de essa ser a grande questão desse romance há outros pontos que nos faz ficar assim... meio que segurando o fôlego para saber tudo o que aconteceu com Lúcia, a jovem trancafiada em seu quarto por sua mãe enlouquecidamente superprotetora. A triste menina que reinventa na sua vida personagens fictício para se sentir menos só se torna vítima de sua própria fantasia. Quando ela conhece Iago, a princípio somente alguém reproduzido de sua imaginação, a vida dela muda. Lúcia já não é mais prisioneira de sempre e começa a sair escondida de casa com o novo amigo. O mundo, pra ela, é algo novo que conhecia muito pouco e sentindo um pouco da sua liberdade se rende à paixão do que parece ser fantasia, Iago.
Iago que muitas vezes nos parece real pode não passar de criação. Com isso vamos da aflição ao deslumbre e visse versa, vendo a falsa ou verdadeira (?) alegria da menina.
Iago é uma pessoa de verdade?



Lembrem-se: Tudo começa com uma ideia. E jamais desanimem dos seus objetivos.