Pesquisar este blog

sábado, 6 de agosto de 2011

O Escritor - Ele tem o destino em suas mãos


Pode alguém impedir a morte escrevendo?
Na cidade do Rio de Janeiro de 1929, o escritor Carlos de Assis, que sofrera uma grande decepção, não consegue se declarar à professora Maria Clara Rabelo.
À medida que escreve o seu livro, uma série de assassinatos ocorre na cidade. Então, auxiliado por seu amigo Waldir Medeiros, Carlos decide investigar, pois ele é o único capaz de desvendar esse mistério.
O roteirista iniciante, Fábio da Silva, após conquistar o 2º lugar no Concurso Roteirista.com, em fevereiro de 2009, com o curta “NADA É POR ACASO”, decidiu transformar o seu 1º longa, “O ESCRITOR”, em livro.
O romance é uma viagem histórica pela então capital da República no final dos anos 20. Logo na introdução, há uma breve descrição da Avenida Rio Branco, que inicialmente chamava-se Central. A trama passa ainda pela Biblioteca Nacional, Teatro Municipal e Praça Mauá.
Vale à pena conferir "O ESCRITOR", de Fábio da Silva, 137 páginas, disponível pelo Clube de Autores e Agbook.