Pesquisar este blog

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Super 8


Na última quinta, dia 1º, fui assisti ao Super 8 e não me decepcionei. O película é uma homenagem saudosista aos filmes do gênero. Conduzido sob a batuta de J.J. Abrams (Star Trek) e produção a cargo de Steven Spielberg, Super 8 remete a sucessos como Contatos Imediatos de Terceiro Grau (1977) e E.T. – O Extraterrestre (1982), ambos de Spielberg.


Na trama, vivenciada em 1979, há espaço para a ação – como na sequência em que a cidade está sob ataque – e para o drama – como ao mostrar a relação de pai e filho que, inicialmente distantes, acabam se aproximando em virtude dos acontecimentos –, tudo isso apresentado de forma equilibrada.

 
O único ponto fraco do filme, na minha opinião, foi a forma da criatura. Já que a trama não é apenas uma história de ficção científica e lida com o drama, acredito que teria sido melhor se a criatura tivesse uma forma humanóide. Destaque para a cena final que – apresentada em câmera lenta, carregada por um forte apelo emotivo e somada a trilha sonora –, confere uma conclusão digna, nos moldes dos dois filmes supracitados, indicando que Abrams fez a lição de casa. Vale a pena conferir. Super 8 - Trailer.