Pesquisar este blog

domingo, 25 de dezembro de 2016

Um Ótimo Natal, um Feliz Ano Bom e uma Vida Próspera!


Para a maioria de nós, Natal é apenas mais uma data comemorativa, onde nos reunimos com parentes e amigos diante de uma mesa farta e trocamos presentes - ou pelo menos deveria ser assim.
Para outros ainda, Natal não passa de um data comercial, onde esquecemos seu real simbolismo, o nascimento do menino Jesus, que é substituido pela figura do bom velhinho.
Natal deveria ser mais... Natal deveria ser época de fortalecimento das relações interpessoais, mediante a manutenção do espírito de paz, harmonia e confraternização entre os povos.
Natal deveria ser período de perdoar, de reatar relações, de ajudar o próximo, de respeitar o ser humano. Façamos isso então... Mas não somente neste período do ano...
Que possamos estender esse momento de compreensão e paz não por uma semana ou mais, ou quem sabe, um mês inteiro, digo, por um ano inteiro, ou melhor, que possamos estender esse momento por todos os anos de nossas vidas.
Desejo a todos um Ótimo Natal, um Feliz Ano Bom e uma Vida Próspera!

Fábio da Silva

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

O Grande Livro da Maçonaria

Aqui vai mais uma dica literária:


"O Grande Livro da Maçonaria reúne parte considerável dos principais textos sobre maçonaria que o escritor Claudio Blanc publicou pela editora Online na ultima década. Dividindo em três partes, o livro mostra a importância da maçonaria na formação do mundo atual. Seu universo simbólico. lendas e a forma como a ordem se organiza. Essencial para qualquer um que se interesse por maçonaria."

O autor tenta, através de fatos históricos e documentos, esclarecer e explicar todo o misticismo, crendice popular e teorias conspiratórias criadas ao redor desta doutrina, desta filosofia de vida, muitas vezes confundida como religião pelos leigos.

Vale à pena ler O Grande Livro da Maçonaria, de Claudio Blanc, On Line Editora, 130 Páginas.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

EZEL - Teledramaturgia de qualidade exibida no horário nobre da Band

Por Fábio da Silva

Olá, caros leitores e seguidores! Geralmente, por volta das 20:30h, eu me recolho para realizar uma boa leitura, estudar ou escreve, mas vez por outra acompanho minha esposa no ato de assistir novela. Ai vocês devem estar se perguntando por que eu estaria postando sobre uma novela por aqui, pois bem, já me explico: a novela em questão não é uma novela qualquer, não aquelas novelas globais (com tramas descabidas e que apelam para a sexualidade), não aquelas novelas no SBT (com atuações exageradas dos atores mexicanos). Pois bem, a novela em questão é uma novela turca (aposta da Band nos últimos anos), isso mesmo uma novela europeia baseada na clássica obra do francês Alexandre Dumas, "O Conde Monte Cristo", que inclusive foi adaptado para o cinema.

Livro

Filme

Na trama, adaptada para os dias atuais, o personagem principal chamado Ezel que dá titulo a novela, foi traído por seus amigos e deixado na prisão para morrer. Em seu cárcere, ele encontra um mestre, um conselheiro que se torna seu tutor e o orienta em sua jornada de vingança. Tal como na história de Dumas, o personagem principal era um "zé ninguem", um homem simples e sem maldade, contudo o tempo na prisão e a amizade que fizera com um dos dos chefões da comunidade carcerária, o fortaleceu e proporcionou a ele certa fortuna. Retornando a liberdade, Ezel pode finalmente dar curso a sua vingança, que é desmascarar e acabar com aqueles que o trairam.

Diga-se de passagem a trama tem poucos personagens o que na minha opnião é bem melhor a nível de desenvolvimento da história que possue muitos pontos de trama (pontos de virada). Como disse certa vez uma professora minha de faculdade da qual não me recordo o nome "menos muitas vezes é mais". A novela turca consegue fazer e muito com poucos personagens. Fica aí uma boa aula para a teledramaturgia nacional, uma vez que as mulheres da minha família (esposa, mãe, sogra etc) queixam-se muito das nossas novelas seja por questões apelativas como a sexualidade, seja por questões de retratar uma realidade muitas vezes que chegam a influenciar nossos filhos negativamente "a moça da novela faz assim", ou "o ropaz respondeu daquele jeito o seu pai, por que não posso falar também desse jeito?" E até mesmo os homens (meu pai e meu sogro) só tecem elogios as produções da teledramaturgia turca.

Para quem tiver curiosidade em assistir a trama de EZEL, basta sintonizar no canal da Band, depois do jornal do Boechat por volta das 20:30h. Vale à pena conferir.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

A cerca de, acerca de, há cerca de?


As três expressões existem na língua portuguesa e estão corretas. Porém, seus significados são diferentes e devem ser usadas em situações diferentes. A expressão acerca de significa a respeito de. A expressão há cerca de significa faz aproximadamente ou estão aproximadamente. A expressão a cerca de significa perto de. 

Acerca de é uma locução prepositiva com significado de: a respeito de, quanto a, relativamente a, sobre, com relação a. Uma locução prepositiva é um conjunto de duas ou mais palavras em que a última é uma preposição. Neste caso temos o advérbio acerca mais a preposição de.
 

Exemplos:
 
Você quer conversar acerca do que aconteceu ontem?
 
Não discuto acerca de política, nem de religião.
 
Acerca desse assunto, espero que você tome a decisão correta.
 

Há cerca de é uma expressão com significado de: a, desde, mais ou menos, faz aproximadamente. O verbo haver indica tempo decorrido, sem definir esse tempo com exatidão, apenas de forma aproximada. Quando se refere a tempo decorrido, o verbo haver se apresenta como verbo impessoal, sem sujeito, devendo ser conjugado apenas na 3ª pessoa do singular. Pode ser substituído pelo verbo fazer: há cerca de cinco minutos/ faz cerca de cinco minutos.
 

Exemplos:
 
Já estou esperando há cerca de duas horas!
 
Há cerca de dois anos eu fiz uma viagem pela Europa.
 
Eu comprei minha casa há cerca de vinte anos.
 

Atenção!
 
A expressão há cerca de pode indicar também que existe uma quantidade aproximada de pessoas ou objetos em algum lugar, bem como a utilização apenas da locução cerca de, sem o verbo haver.
 

Exemplo:
 
Nesta gaveta há cerca de vinte e cinco lençóis.
 
Existem aproximadamente vinte e cinco lençóis na gaveta.
 
Cerca de vinte e cinco lençóis estão na gaveta.
 

Há cerca de vinte alunos esperando a professora na sala de aula.
 
Estão aproximadamente vinte alunos esperando a professora na sala de aula.
 
Cerca de vinte alunos estão esperando a professora na sala de aula.
 

A cerca de é uma expressão composta pela preposição a e pela locução prepositiva cerca de. Significa perto de, aproximadamente, próximo de, transmitindo uma ideia de distância. Podemos eliminar a preposição a e manter apenas a locução prepositiva cerca de, permanecendo o mesmo significado.
 

Exemplo:
 
Estamos a cerca de cinco quilômetros do destino.
 
Estamos cerca de cinco quilômetros do destino.
 

Sua casa está a cerca de 20 minutos a pé do hospital.
 
Sua casa está cerca de 20 minutos a pé do hospital.
 

Atenção!
 
Não confundir com a construção frásica a cerca de composta pelo artigo definido a, pelo substantivo feminino cerca e pela preposição de.
 

Exemplos:
 
A cerca de bambu do quintal está muito bonita.
 
Onde está a cerca de arame farpado?
 
A cerca de minha casa caiu.

Palavras Relacionadas: cerca, acerca.



segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Ivanhoé


Ivanhoé é um romance do escritor escocês Walter Scott, publicado em 1820. Narra a luta entre saxões e normandos e as intrigas de João sem Terra para destronar Ricardo Coração de Leão. É considerado o primeiro romance histórico do romantismo. Nele os valores da cavalaria medieval são enaltecidos, assim como o heroísmo inglês. O jovem e destemido Ivanhoé é deserdado pelo pai por ter acompanhado o rei Ricardo Coração de Leão em sua cruzada à Terra Santa. Na Inglaterra feudal, luta por liberdade e justiça. Embora protagonizado pelo cavaleiro Wilfred de Ivanhoé, são os personagens quase anônimos que encontram maior destaque do que este, a exemplo de Brian de Bois Guilbert, um templário, vilão que engendra várias maldades.

Autor(a):  Walter Scott
Categoria: Romance histórico, Literatura estrangeira, Ação, Suspense.
Texto integral.  491 páginas.
ISBN: 978-85-66798-44-9



sábado, 10 de dezembro de 2016

USP tem mais de 3 mil livros e jornais disponibilizados gratuitamente

 
Materiais estão em site e fazem parte do acervo da Biblioteca Brasiliana

Não há nada como descobrir que aquele livro que você estava buscando se encontra disponível online.

Melhor ainda se for gratuitamente.

Pensando nisso, a Universidade de São Paulo (USP) disponibilizou mais de 3 mil títulos – que contam com jornais – em seu site.

As obras, que compõem o acervo da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, estão disponíveis no site Brasiliana e podem ser consultados a partir do nome do autor, data de publicação ou assunto.

Digitalizadas pela universidade, as obras se encontram disponíveis para download.

Além de livros, há também uma gama de jornais clássicos, como “A Cigarra”, manuscritos, mapas, imagens e documentos históricos.

Não é preciso ser cadastrado na biblioteca para realizar os downloads.

 

Os livros mais vendidos segundo o site da Folha

Seguem abaixo os livros mais vendidos, segundo o site da Folha de São Paulo:


O Homem Mais Inteligente Da História



O homem mais inteligente da história é fruto de 15 anos de estudos e pesquisas. Considerado por Augusto Cury a obra mais importante de sua carreira, este é o primeiro volume de uma coleção que vai abalar nossas convicções e transformar nossa visão do personagem que julgávamos conhecer tão bem. Psicólogo e pesquisador, Dr. Marco Polo desenvolveu uma teoria inédita sobre o funcionamento da mente e a gestão da emoção. Após sofrer uma terrível perda pessoal, ele vai a Jerusalém participar de um ciclo de conferências na ONU e é confrontado com uma pergunta surpreendente: Jesus sabia gerenciar a própria mente? Ateu convicto, Marco Polo responde que ciência e religião não se misturam. No entanto, instigado pelo tema, decide analisar a inteligência de Cristo à luz das ciências humanas. Ele esperava encontrar um homem simplório, com poucos recursos emocionais. Mas ao mergulhar na inquietante biografia de Jesus presente no Livro de Lucas, suas crenças vão sendo pouco a pouco colocadas em xeque. Para empreender essa incrível jornada, Marco Polo vai contar com uma mesa-redonda composta por dois brilhantes teólogos, um renomado neurocirurgião e sua assistente, a psiquiatra Sofia. Juntos, eles irão decifrar os sentidos ocultos em um dos textos mais famosos do Novo Testamento. Os debates são transmitidos via internet e cativam espectadores em todo o mundo – mas nem todos estão preparados para ver Jesus sob uma ótica tão revolucionária. Agora os intelectuais terão que lidar com seus próprios fantasmas emocionais e encarar perigos que jamais imaginaram enfrentar. SOBRE O AUTOR: Augusto Cury é psiquiatra, cientista, pesquisador e escritor. Publicado em mais de 60 países, já vendeu, só no Brasil, 28 milhões de exemplares de seus livros, sendo considerado o autor brasileiro mais lido na atualidade. Entre seus sucessos estão Armadilhas da mente, O futuro da humanidade, A ditadura da beleza e a revolução das mulheres, Pais brilhantes, professores fascinantes, O código da inteligência, Nunca desista de seus sonhos, O vendedor de sonhos (Editora Planeta) e Ansiedade (Saraiva). É autor da Teoria da Inteligência Multifocal, que trata do complexo processo de construção de pensamentos, dos papeis da memória e da formação do Eu.


A Guerra Do Paraguai
Como O " Rei Dos Macacos", O Marechal Que Queria Ser Napoleão, Um Jornalista Soldado E Um Presidente Degolador Deflagaram O Maior Conflito Da América Do Sul.

Luiz Octavio De Lima


Um épico latino-americano de interesse universal. Maior confronto armado da história da América do Sul, a Guerra do Paraguai é uma página desbotada na memória do povo brasileiro. Passados quase 150 anos das últimas batalhas deste conflito sangrento que envolveu Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, o tema se apequenou nos livros didáticos e se restringiu às discussões acadêmicas. Neste livro, fruto de pesquisas históricas rigorosas, mas escrito com o ritmo de uma grande reportagem, o leitor poderá se transportar para o palco dos acontecimentos e acompanhar de perto a grande e trágica aventura que deixou marcas profundas no continente sul-americano. Por uma narrativa repleta de lances surpreendentes, desfilam não apenas os governantes e líderes militares dos países diretamente envolvidos no conflito, que em momentos alternados viveram papéis de heróis e vilões, como ganham luzes as ações e os dramas de figuras menos conhecidas, mas igualmente fascinantes: a ardilosa amante do líder paraguaio Solano López; religiosos implacáveis; combatentes submetidos a dores e privações; mulheres e crianças testadas no limite da bravura; e escravos que viram na guerra o caminho para a liberdade. O livro também se ocupa de discutir (e algumas vezes desfazer) os mitos criados ao sabor dos ventos ideológicos que sopraram sobre o continente em diferentes períodos desde então.


O Pequeno Príncipe - Pocket




Nesta edição de bolso da clássica história que marcou gerações de leitores em todo o mundo, um piloto cai com seu avião no deserto do Saara e encontra um pequeno príncipe, que o leva a uma jornada filosófica e poética através de planetas que encerram a solidão humana. A edição conta com a clássica tradução do poeta imortal dom Marcos Barbosa, e é a versão mais consagrada da obra, publicada no Brasil desde 1952. Acompanha uma carta muito especial do sobrinho de Antoine de Saint-Exupéry e a assinatura do autor na capa.

Para ver a lista completa e atualizada dos livros mais vendidos, acesse: Livraria da Folha.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

A Estrada para o Sucesso...


Não é uma reta. Há uma curva chamada fracasso. Um trevo chamado confusão. Um quebra-molas chamado amigo. Um farol de advertência chamado família. Mas se você tiver um estepe chamado DETERMINAÇÃO, um motor chamado PERSEVERANÇA, um seguro chamado FÉ, um motorista chamado DEUS, você chegará a um lugar chamado SUCESSO.
 

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

O Pintor de Memórias, de Gwendolyn Womack


Um amor que atravessa o tempo. Uma equipe de cientistas prestes a fazer uma grande descoberta sobre a construção da memória. E um medicamento milagroso capaz de revelar um mistério antigo

Bryan Pierce é um renomado pintor cujos trabalhos deslumbram o mundo. Mas há um segredo para seu sucesso: cada tela é inspirada em um sonho excepcionalmente vívido. Sempre que acorda, ele adquire novas e extraordinárias habilidades, como a capacidade de falar línguas obscuras ou um gênio inexplicável para o xadrez. A vida inteira Bryan se perguntou se seus sonhos eram apenas isso ou se seriam memórias, se ele estaria experimentando a vida de outras pessoas.

Linz Jacobs é uma neurogeneticista brilhante, dedicada a decifrar os genes que ajudam o cérebro a criar memórias. Ao visitar uma exposição na galeria de uns amigos, ela se depara com a imagem de um pesadelo recorrente de sua infância e adolescência... em um dos quadros de Bryan. Linz localiza o artista, e o encontro dos dois desencadeia o sonho mais intenso do pintor: a visão de uma equipe de cientistas que, na iminência de descobrir uma cura para o Alzheimer, morre em uma explosão no laboratório.

Bryan fica obcecado pelas circunstâncias estranhas que cercam a morte dos cientistas, e seus sonhos aos poucos revelam o que aconteceu no laboratório, assim como um mistério mais profundo que o leva ao Egito antigo. Juntos, Bryan e Linz começam a perceber um padrão em seus sonhos. E que há um inimigo mortal observando cada movimento deles que não vai parar enquanto não atingir seu objetivo.

"Um thriller ambicioso que combina romance, fantasia e aventura" - Library Jounal

Vale à pena conferir O Pintor de Memórias, de Gwendolyn Womack, Editora Redord, 378 páginas.

1º Concurso Novos Talentos da Literatura ”José Endoença Martins”


Informações:
a) Aberto a todos os interessados
b) Obras inéditas: Romances, Contos, Poemas, Infantojuvenil, HQ

Premiação:
I) Troféus e certificados

Prazo: até 30 de junho de 2017


Organização:
NEL – Núcleo de Estudos Linguísticos
CAEL – Centro Acadêmico dos Estudantes de Letras

Contato - Mais informações e Dúvidas:
novostalentos@furb.br

Regulamento:

http://www.furb.br/web/1704/noticias/letras-busca-revelar-talentos-na-literatura/5849

http://www.furb.br/_upl/files/noticias/concurso_novos_talentos_da_literatura.pdf

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Creia em você mesmo...


Creia em você mesmo. Se quer algo, lute. E tenha em mente que o que é bom leva tempo pra ser alcançado.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

"Os Visitantes", Bernardo Kucinski

Por Cristian Luis Hruschka


Em 2013 o escritor Bernardo Kucinski publicou um livro chamado "K. - Relato de uma busca". Na trama conta a história da luta de um pai para encontrar o paradeiro de sua filha, professora de química desaparecida com o marido durante o regime militar. O livro foi aclamado pela crítica e causou impacto na ocasião do seu lançamento.

Agora, Kucinski apresenta ao público "Os Visitantes", uma espécie de continuação de "K.", onde o escritor é visitado por diversas pessoas que dele tomam satisfação quanto à sua participação no livro. Por mais que o escritor se explique, dizendo que se trata de uma obra de ficção, que tudo fora invenção, mesmo justificando os fatos lançados no livro como sendo de licença poética, os visitantes não se dão por satisfeitos, exigindo retratações e criticando duramente a obra. Alguns deles, aliás, sequer leram o livro todo, apenas os trechos em que se julgam afetados, motivo suficiente para exigir contas do autor.

(...)

Li o livro de Kucinski em um só fôlego, no aeroporto de Porto Alegre (RS). O texto objetivo e inquieto nos obriga a prosseguir. Esperamos ansiosos pelo próximo voo do escritor.


Bondinho da Leitura em Curitiba - PR

Por Maria Fernanda


A Rua XV de Novembro é um ponto bem conhecido em Curitiba: comércio popular, vai e vem de gente, aquele burburinho típico de centro da cidade. Em 1973, depois que foi feita a implantação do calçadão da Rua das Flores, a esquina da Rua XV com a Rua Ébano Pereira também ganhou um presente: um bondinho, desses que circulavam antigamente pelas ruas das cidades.
Este, especificamente, não rodou por Curitiba, veio de Santos, litoral de SP, para ornamentar o calçadão recém inaugurado.

Até meados da década de 1980, o Bondinho funcionava como uma área de recreação para as crianças. Os pais e mães iam fazer compras no comércio do centro e tinham aquele espaço para deixar os pequenos, que oferecia atividades pedagógicas e artísticas. Depois, o Bondinho também funcionou como Posto de Informações Turísticas da Secretaria Municipal de Turismo.

Foi em 2010, após uma revitalização, que o espaço ganhou o nome de “Bondinho da Leitura”, que é parte das ações do programa Curitiba Lê, desenvolvido pela Fundação Cultural de Curitiba. Junto com o novo nome, uma nova função social dentro desse espaço aparentemente pequeno: um acervo literário com mais de 2.500 obras que estão disponíveis para empréstimo gratuito.

Quem circula pelo calçadão pode emprestar livros apresentando um documento de identificação, é bem simples. E quem quiser ler por ali, também rola. O espaço é interno é uma graça!

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Os livros mais vendidos segundo o site da VEJA

Seguem abaixo os livros mais vendidos, segundo o site da revista VEJA, nas categorias Ficção.

O Homem Mais Inteligente da História

Cury, Augusto

Sextante / Gmt



Considerado o autor brasileiro mais lido da década, Augusto Cury já vendeu 28 milhões de livros. “O homem mais inteligente da história” é fruto de 15 anos de estudos e pesquisas. Considerado por Augusto Cury a obra mais importante de sua carreira, este é o primeiro volume de uma coleção que vai abalar nossas convicções e transformar nossa visão do personagem que julgávamos conhecer tão bem. Psicólogo e pesquisador, Dr. Marco Polo desenvolveu uma teoria inédita sobre o funcionamento da mente e a gestão da emoção. Após sofrer uma terrível perda pessoal, ele vai a Jerusalém participar de um ciclo de conferências na ONU e é confrontado com uma pergunta surpreendente: Jesus sabia gerenciar a própria mente? Ateu convicto, Marco Polo responde que ciência e religião não se misturam. No entanto, instigado pelo tema, decide analisar a inteligência de Cristo à luz das ciências humanas. Ele esperava encontrar um homem simplório, com poucos recursos emocionais. Mas ao mergulhar na inquietante biografia de Jesus presente no Livro de Lucas, suas crenças vão sendo pouco a pouco colocadas em xeque.


A Garota No Trem - Capa do Filme

Hawkins, Paula

Record



Best-seller internacional que deu origem ao filme estrelado por Emily Blunt. Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio por galpões, caixas d’água, pontes, casebres e aconchegantes casas vitorianas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Jason –, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, “A garota no trem” é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.


Como Eu Era Antes de Você

Moyes, Jojo

Intrinseca



Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Para ver a lista completa e atualizada acesse: os livros mais vendidos.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Qual o plural de sênior?


O plural da palavra sênior é seniores. 

Este atleta participará no campeonato de futebol na categoria sênior
 
Este atleta participará no campeonato de futebol na categoria de seniores.
 

Exemplos:
 
O número de participantes seniores será reduzido.
 
Entregaremos medalhas aos concorrentes seniores
 
Eles são seniores na realização deste ofício.
 

O plural da palavra sênior tem uma particularidade: muda a sílaba tônica da palavra, deixando esta de ser a sílaba sê, passando a ser a sílaba o.
 

Na língua portuguesa existem dois números gramaticais: o singular e o plural. O singular se refere a só um ser e o plural se refere a dois ou mais seres.
 

A principal regra de formação do plural é acrescentar s à palavra no singular, ou seja: menina/meninas, casaco/casacos, mãe/mães,…Esta regra diz respeito, principalmente, aos substantivos terminados em vogal.
 

Relativamente aos substantivos terminados em -r, a formação do plural é feita acrescentando –es à palavra no singular.
 

Açúcar - açúcares
 
Bar – bares
 
Hambúrguer – hambúrgueres
 
Júnior - juniores
 
Mar – mares
 
Sênior – seniores

Palavra Relacionada: sênior.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

As noites são sempre mais escuras...


As noites são sempre mais escuras antes do amanhecer. Lembre-se: por maior que seja a sua dificuldade, tudo vai melhorar.

O Grande Gatsby


Este clássico do século XX retrata a alta sociedade de Nova York na década de 1920, com sua riqueza sem precedentes, festas nababescas e o encanto das melindrosas ao som do jazz. O sol em ascensão desse universo cintilante e musical é o enigmático milionário Gatsby, ao redor do qual orbitam três casais glamorosos e desencontrados, numa trama densa, repleta de intrigas, paixões e conflitos que precipitam o trágico eclipse. Recriação soberba de um dos períodos mais prósperos da história dos Estados Unidos, "O Grande Gatsby" é uma crítica mordaz à insensibilidade e imoralidade revestidas de ouro da chamada Era do Jazz, e um dos melhores romances - talvez o melhor - já escritos nesse país.

Autor:  F. Scott Fitzgerald
Categoria: Romance americano, Literatura estrangeira.
Texto integral.  159 páginas.
ISBN: 978-85-66798-41-8


quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Dia Nacional do Livro



O Dia Nacional do Livro é comemorado anualmente em 29 de Outubro.

A data celebra uma das invenções mais enriquecedoras do Homem. O livro pode ser uma fonte inesgotável de conhecimento, transportando os leitores para os lugares mais espetaculares da imaginação humana, além de informar e ajudar a diversificar o vocabulário das pessoas.

Os livros surgiram há centenas de anos e, desde então, continuam maravilhando as gerações com contos fantásticos e registrando os principais acontecimentos da história da humanidade.

Origem do Dia Nacional do Livro

O Dia do Livro surgiu em homenagem à fundação da Biblioteca Nacional do Livro, em 1810, pela Coroa Portuguesa. Na época, D. João VI trouxe para o Brasil milhares de peças da Real Biblioteca Portuguesa, formando o princípio da Biblioteca Nacional do Brasil.

Vale lembrar que o Brasil começou a editar seus próprios livros ainda em 1808, quando D. João VI fundou a Imprensa Régia. O primeiro livro a ser editado foi "Marília de Dirceu", do escritor Tomás Antônio Gonzaga.

No Brasil ainda se comemora o Dia Nacional do Livro Infantil, em 18 de Abril, uma homenagem ao escritor Monteiro Lobato, que nasceu nesse dia.

E também existe o Dia Internacional do Livro, em 23 de Abril, que surgiu na região da Catalunha, na Espanha, em homenagem ao escritor Miguel de Cervantes.

Fonte: Calendarr

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Cursos Gratuitos Online de Português e Redação

O escritor como qualquer outro profissional deve aprimorar-se em sua área. Para tanto, e como forma de incentivo, indico dois site interessantes, dentre os vários que pesquisei, para aqueles que querem expandir seus conhecimentos na arte da escrita. Um deles é o Cursos Grátis Online e o outro é W R Educacional.








Os sites disponibilizam cursos gratuitos de Língua Portuguesa, Novo Acordo Ortográfico, Técnicas de Redação, Redação e Produção de Textos entre outros. Ao final do curso é feita uma avaliação. O certificado é opcional, sendo enviado mediante pagamento de uma taxa. Eu mesmo já me cadastrei em alguns cursos.  Vale à pena conferir.

domingo, 16 de outubro de 2016

Somos frutos do meio...


Somos frutos do meio em que vivemos, mas também do que acreditamos que podemos ser.

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Basculante ou vasculante?


A forma correta de escrita da palavra é basculante. A palavra vasculante está errada. A palavra basculante pode ser um substantivo ou um adjetivo. Devemos usar o adjetivo basculante sempre que quisermos referir algo que funciona com movimento de básculo, ou seja, que funciona girando sobre um eixo horizontal, baixando uma das extremidades e elevando a outra extremidade, sendo inclinável. Refere-se também aos veículos que, através de movimento de básculo na sua carroceria, permitem descarregar materiais facilmente. Enquanto substantivo masculino, devemos utilizar a palavra basculante como redução de janela basculante, ou seja, uma janela que opera com movimento de básculo. 

Exemplos:
 
O portão basculante da garagem está estragado, precisando de ser consertado.
 
Está quase chegando o caminhão basculante que vai transportar essa areia.
 
A empregada já limpou o basculante da cozinha?
 

A palavra basculante pode ter sua origem na palavra em francês basculant ou ser formada por derivação sufixal, onde é acrescentado um sufixo a uma palavra já existente, alterando o sentido da mesma. Assim, temos a palavra básculo, com origem também no francês bascule, mais o sufixo – ante. Este é um sufixo nominal, proveniente das terminações do particípio presente latino, que forma adjetivos indicando uma ação, qualidade ou estado.
 

Desta forma, a palavra basculante deverá ser escrita com b inicial e não com v. As palavras báscula e básculo, cognatas de basculante, deverão também ser escritas com b. Esta dúvida surge por confusão com os verbos basculhar e vasculhar. Contudo não devemos confundir porque são verbos com origem distinta da palavra basculante e, consequentemente, significado distinto.
 

Basculante pode ser um adjetivo de dois gêneros, ou seja, um adjetivo uniforme que apresenta sempre a mesma forma, quer no gênero feminino, quer no gênero masculino (a porta basculante/o portão basculante). Na língua portuguesa, os adjetivos terminados em –e são adjetivos uniformes: basculante, excelente, doce, triste, terrestre, leve, pobre, competente, entre outros.

Palavra Relacionada: basculante.